Fátima

O dia-a-dia da nossa comunidade desenrola-se entre a oração, o trabalho e o convívio. Às 7: 10 horas, fazemos oração da manhã (Laudes), seguida de meia hora de meditação. Às 8 é a Eucaristia. Tomado o pequeno-almoço, cada um vai para o trabalho que lhe está confiado. Às 13: 00h, temos o almoço, que é precedido da oração do meio-dia. Depois de uma pequena Sesta, voltamos ao trabalho. Às 19: 10 é a oração da tarde (Vésperas), seguida do jantar/convívio, pelas 19: 30h. À noite ainda temos trabalhos, consoante a ocupação de cada, ou tempo de recolhimento e oração pessoal.

Contacto

Seminário dos Marianos e Pensão S. Paulo
Rua S. Paulo, 2
2495-435 FÁTIMA
Tel. (Seminário) 249 531 389; (Pensão) 249 531 572; fax 249 533 257

Situação geográfica

A nossa Casa religiosa, situa-se na Cova da Iria, na Rua S. Paulo, n.º 2 e 10, entre o Santuário a estação de camionagem, a cerca de 150 metros de um e de outra. Fica também a cerca de 150 metros do Centro Paulo VI.

História do Seminário e acolhimento aos peregrinos

O Seminários dos Marianos foi erecto como Casa Religiosa Mariana em 1972, num edifício que foi a primeira clínica de Fátima. Antes de ter casa própria, o Seminário dos Marianos ficou hospedado, durante um ano, na Casa dos Capuchinhos (1969/70) e, durante dois anos, na Casa da Visitação, junto do Santuário (1970/72). Os seminaristas frequentaram sempre as aulas do Centro de Estudos de Fátima (CEF), escola fundada por quatro Institutos Religiosos e a eles pertencente (Marianos, Verbitas, Monfortinos e Consolata).

Em 1983, os Marianos compraram a Pensão S. Paulo, contígua ao terreno do Seminário, com o objectivo que ela fosse o suporte financeiro para a Comunidade dos Marianos em Portugal. Em 1992, foram-lhe acrescentados dois pisos e ampliado o refeitório e a sala de estar.

O edifício do Seminário teve recentemente obras de fundo, tendo sido acrescentada uma nova ala (a poente) e mais dois pisos. Foi também ampliada a recepção e o refeitório. As obras tiveram por objectivo adequar a casa ao acolhimento de peregrinos, tendo sido reservada uma pequena parte do edifício à Comunidade religiosa e ao Seminário, actualmente sem seminaristas.

No presente, o acolhimento aos peregrinos, seja no edifício da Pensão S. Paulo seja no edifício do Seminário, é um dos trabalhos principais da comunidade. Está em Projecto, com as obras a começar em breve unir os dois edifícios, para unificar os serviços de hotelaria e restauração, com denominação de Hotel dos Marianos.

Buy now