Pastoral do Santuário de Balsamão

Lenda e história

As raízes do Santuário de Nossa Senhora de Balsamão assentam, provavelmente, nos tempos da Reconquista Cristã, ainda que a primeira data até agora conhecida seja o ano de 1212. Chamava-se em tempos “Monte Carrascal”. Aqui se instalaram os Mouros donde subjugavam os Cristãos com pesados impostos, entre os quais figurava o vergonhoso Tributo das donzelas, que consistia no facto de que, sempre que houvesse um casamento, a noiva vinha passar a noite de núpcias no Castelo, com o Emir, chefe dos Mouros.
A lenda de Balsamão está adjacente à libertação dos Cristãos de tamanha injúria. Certo dia, realizou-se um casamento em Castro, a uns 15 kms de Balsamão. Ao sair da Igreja, como era costume, a noiva foi raptada. Porém, desta vez, os homens e os jovens, às ordens do noivo, partem para o sopé da montanha, gritando: “Queremos ver a cara ao mouro”. O Emir, escarnecendo, envia-lhes um ridículo punhado de guerreiros, mas logo se vê obrigado a reforçá-los. Os cristãos batem-se com força, mas, não resistem muito tempo e começam a desfalecer. Todavia, a certa altura, notam no campo uma Senhora, vestida de enfermeira, chegada misteriosamente, a limpar as feridas depondo nelas um pouco de bálsamo que sustinha nas mãos e desaparecendo em seguida. Convencidos de que era a Mãe de Deus, atiram-se confiantes, até que se ouviu um grito vindo das muralhas: “vitória, vitória!”. Os Cavaleiros das Esporas Douradas da vila de Alfândega que tinham subido pela outra encosta decapitaram o Emir e salvaram a noiva. Durante toda a noite festejaram o triunfo. Celebrou-se Missa na Capela em honra de Nossa Senhora do Bálsamo na Mão. E desde esse dia nunca mais cessaram as romagens ao Santuário da Defensora da Honra do Lar, da Padroeira dos Noivos, da Divina Enfermeira.
Sabemos que, durante a idade média, além do santuário, Balsamão foi sede administrativa, cabeça de concelho.
A certa altura, constitui-se uma Confraria de 100 Irmãos eclesiásticos com o nome de «Confraria de Santa Maria de Balsamão», à qual o Papa Paulo V, a 30 de Junho de 1605 concede as indulgências habituais das outras Confrarias.
Da capela e da imagem que nela se venera disse o Bispo D. João de Sousa Carvalho, a 7 de Dezembro de 1720 e a 18 de Janeiro de 1725, respectivamente aos Papas Clemente XI e Bento XIV: «há, nesta Diocese, uma imagem de Nossa Senhora, sob a invocação de Balsamão, que a fé dos católicos aclama, em alta voz, numa capela de magnífica arquitectura, recentemente reparada desde as ruínas ao vértice da mesma capela».
No século XVIIII, funda-se o hospício de Nossa Senhora de Balsamão cujo fundador é o leigo António Pires Corcas, natural de Outeiro (Bragança), antigo estudante de Direito na Universidade de Salamanca, com outros 11 leigos e 5 sacerdotes, iniciando-se assim com este grupo, a partir de 12 de Abril de 1746 a «Congregação dos Barbadinhos de Nossa Senhora de Balsamão» a quem fica a ser confiada a guarda do Santuário e a assistência aos peregrinos, vivendo em regime de estrita austeridade. Estes eremitas eram Terceiros Franciscanos. Deve ser dessa altura a configuração da Igreja – com a divisão entre presbitério e corpo da Igreja – até às actuais obras da Igreja (2008-2010).
Em 1754, os Barbadinhos incorporam-se na Ordem dos Marianos da Imaculada Conceição, atraídos pela figura carismática do Venerável Padre Frei Casimiro Wyszynski.
Em 1834, com a expulsão das Ordens religiosas de Portugal, por Joaquim António Aguiar, o Santuário fica sem atendimento permanente.
Em 1954, regressam os Marianos a Balsamão e reconstroem o Convento, dando vida também ao santuário.

Santuário e Convento – Centro de Espiritualidade e Evangelização

Balsamão! Silêncio que fala, brisa que refresca, calor que aquece, vento que sacode, perfume que inebria, fé que eleva, esperança que anima, caridade que inflama, paz que se transmite, Deus que se revela! Peregrinos que se tornam mais fervorosos, turistas que regressam em atitude de peregrinos!
Parafraseando o Salmo 125, 2, podemos, com toda a verdade, dizer e experimentar: “Como Balsamão rodeado de montanhas, assim o Senhor envolve o seu povo agora e para sempre”. Sentimo-nos acolhidos e aconchegados pela ternura de Deus!
Balsamão, Santuário e Convento, quer ser, pelo carisma que lhe é oferecido, um centro de espiritualidade e evangelização.

Todos os dias

Diariamente, há Eucaristia de manhã, às 8:00h, e a Coroa da Misericórdia, às 15:00h.
Aos domingos, Eucaristia às 12 horas; Oração da Tarde ou Vésperas, às 19 horas; Adoração e Bênção do Santíssimo Sacramento, às 21 horas.

Celebrações importantes ao longo do Ano Litúrgico

A 8 de Dezembro, a Solenidade da Imaculada Conceição, Padroeira de Portugal e da Congregação dos Marianos – durante a manhã, Sacramento da Reconciliação; às 12 horas Eucaristia e, às 16 horas, Oração de Vésperas.
De 24 para 25 de Dezembro, «Missa do Galo».
Domingo de Ramos, Celebração da Jornada Mundial da Juventude, a nível diocesano, organizada pelos Jovens MIC, com Bênção e Procissão dos Ramos, dramatizando a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, montado num jumentinho, a partir do sopé da montanha para a Igreja do Santuário, às 11:30 horas, com a Eucaristia, às 12 horas;
Tríduo Pascal: Quinta-Feira Santa, a Ceia do Senhor, às 18 horas; Sexta-Feira Santa, celebração da Paixão e Morte do Senhor, às 15 horas; Sábado Santo, a Vigília Pascal, às 23 horas; Domingo da Ressurreição do Senhor, Missa às 9 e às 12 horas.
II Domingo de Páscoa ou Domingo da Misericórdia, Festa da Misericórdia de Deus, com o Sacramento da Reconciliação, durante a manhã, e a Eucaristia, às 12 horas; às 16 horas, Adoração e Bênção do Santíssimo e envio. A Festa da Misericórdia é precedida pela Semana de Espiritualidade sobre a Misericórdia de Deus, que se inicia na quarta-feira de Páscoa, às 19 horas.
No III Domingo de Maio, a Festa de Nossa Senhora de Balsamão, com Sacramento da Reconciliação, durante a manhã, e Procissão com a Imagem da Senhora, a partir do fundo da montanha, às 11 horas; Eucaristia e unção dos enfermos com o Bálsamo, às 12 horas; às 16 horas, Oração de Vésperas.
A 14 de Setembro, Festa da Exaltação da Santa Cruz, na Capela do Senhor dos Cajados, com o Sacramento da Reconciliação, durante a manhã, e a Eucaristia, às 12 horas.
IV Domingo de Outubro, dia Mundial das Missões e Dia do Frei Casimiro (Domingo mais próximo a 21 de Outubro, aniversário da morte do Venerável Servo de Deus Frei Casimiro) – Sacramento da Reconciliação, pela manhã; Eucaristia pela beatificação do Servo de Deus Frei Casimiro, pelos Cooperadores Marianos e pelas Missões, às 12 horas; Encontro Anual da Associação dos Cooperadores Marianos da Imaculada Conceição, pelas 15 horas.

Evangelização e Sacramentos

Em Balsamão – na Casa de Retiro e Repouso – realizam-se, ao longo do ano, vários encontros de formação e retiros para jovens e adultos.
Os noivos escolhem o Santuário da sua Padroeira especial para dar o seu «sim» no amor conjugal e constituírem famílias que sejam autênticas «igrejas domésticas». Os pais vêm a Balsamão celebrar o baptismo e a primeira comunhão dos seus filhos. A celebração destes sacramentos é precedida de uma preparação catequética adequada.

Durante todo o ano, muitas pessoas que sofrem das mais variadas doenças físicas, psíquicas e espirituais acorrem ao convento de Balsamão a pedir a cura a Jesus Misericordioso por intercessão da Divina Enfermeira, Nossa Senhora de Balsamão, Santa Faustina ou de Frei Casimiro e, ainda, pelo recurso à celebração dos sacramentos da Reconciliação e Unção dos Doentes e à oração da Igreja. Os Padres Marianos, a exemplo de Jesus, procuram acolher, escutar e orar pelos doentes, para que sejam libertados dos seus males.

Reitor do Santuário e Contato

Actualmente o Reitor do Santuário é o Pe. Basileu Pires, MIC.
Se quiser descansar, fazer um encontro de formação (catequistas, acólitos, …), fazer um retiro (individual ou em grupo), vir em peregrinação com um grupo (com necessidade ou não de alojamento e alimentação), contacte-nos:
Pe. Basileu Pires, MIC
Convento de Balsamão – 5340-091 CHACIM – Macedo de Cavaleiros
Telm.: 964627388; Tel.: 278 468 010; E-mail: basileu.pires@gmail.com